Barra de vídeo

Loading...

domingo, 20 de dezembro de 2015

DIVALDO FRANCO REALIZA MAIS UM VOCÊ E A PAZ EM SALVADOR/BA


O médium e orador Divaldo Franco reuniu mais de 20 mil pessoas em Salvador/BA, na Praça Dois de Julho para o Movimento Você e a Paz.
O momento culminante chegou de forma impactante. A Praça Dois de Julho, no Campo Grande, em Salvador/BA, foi tomada por populares desejosos de comemorar e reafirmar o desejo de contribuir para o desenvolvimento de uma cultura de paz. A data de 19 de dezembro é uma data cívica, reconhecida pela municipalidade. O Movimento, iniciado em 19 de dezembro de l998, completou dezessete anos de continuado sucesso, sempre crescente, semeando a ideia da paz nos corações, estimulando o desenvolvimento de uma convivência pacífica, construindo um mundo fraterno, feliz e próspero. Todos os que lá estavam reafirmavam o desejo de viver em paz, idealizando a construção de uma sociedade mais solidária.
Com um rico momento artístico executado por Júnior Silva, Maurício Virgens e Nando Cordel, que encantaram o público, o evento teve início com a participação do público, que empolgado acompanhou e cantou o Hino Nacional e outras músicas executadas pela Banda de músicos do Grupamento dos Fuzileiros Navais do Comando do 2º Distrito Naval, da Marinha do Brasil. Na sequência, a Banda de músicos da Polícia Militar do Estado da Bahia se apresentou executando músicas do repertório popular.
Presentes a Secretária Estadual Olívia Santana, de Políticas para as Mulheres, representando o Governador Rui Costa, do Estado da Bahia; a Sra. Célia Sacramento, Vice-Prefeita da cidade do Salvador; Dra. Nelly Berchtold, Presidente da União dos Centros Espíritas da Suíça; Sra. Sara Schlumpf, representando a União dos Centros de Estudos Espíritas da Suíça – UCESS; o casal Miguel e Dulce Bertolucci, do Canadá; Carlos Frederico de Almeida Borges, Diretor Administrativo e Financeiro da CONDER; Sônia Andrade, Isaías Vasconcelos e Neudson Pinha, da Secretaria Cidade Sustentável; Sra. Suely Cardas Schubert, escritora espírita de Juiz de Fora/MG; Sra. Maria Senhora Rodrigues, Chefe de Gabinete da Assembleia Legislativa do Estado da Bahia; o casal Marcelo e Andrea Marshall- Netto, dos Estados Unidos da América; e Eliane Dare, espírita da Suécia.
Após os agradecimentos, a Secretária Olívia Santana se pronunciou afirmando que é importante pensar no que pode ser realizado em prol da paz, desenvolvendo ações que contribuam para a diminuição das dores, sem julgamentos, ou rótulos. Valorizando a vida das criaturas e do Planeta. É necessário, afirmou, praticar a paz, dizendo não a violência.

Instituído no ano 2000, pela Mansão do Caminho, o Troféu Você e a Paz homenageia importantes segmentos e pessoas que atuam em favor da paz. Na categoria personalidade física que se doa, foram agraciados Cláudio Lacerda da Silva, com o Projeto Banho Solidário; e o Dr. João Eudes Santana Neco, do Lar Irmã Lourdes. Na categoria instituição que realiza, foram destacados o Projeto Parque Social, representado pela Sra. Maria do Rosário Vianna de Magalhães, Diretora-Presidente; Organização Mundial Não Governamental Médicos Sem Fronteiras, representada pelo Dr. Bruno da Costa Rocha; Orquestra Pró-Sinfônica Estudantil, representada pelo Prefeito de Camaçari/BA, Sr. Ademar Delgado; Lar Pérola de Cristo, na pessoa do Sr. Rafael Raposo; e Casa de Apoio do Hospital Aristides Maltez, representada pelo Sr. Pedro Cezar Archanjo dos Santos.
A categoria empresa que viabiliza foi representada pelo ITS – Internet Technology Solutions, na pessoa de Mário Cesar Santos Souza. Na categoria especial, os homenageados foram o Pastor Djalma Torres, da Igreja Protestante de Antioquia; Hassan Robson de Meireles Nunes, do Centro Islâmico da Bahia e Comunidade Muçulmana; o Ministro Antônio Sérgio Araújo Cabral, da Igreja Messiânica Mundial do Brasil; Dra. Ruth Brasil Mesquita, psicóloga e confrade espírita, dedicada divulgadora da paz; e o Dr. Marcel Mariano, confrade espírita, Assessor Jurídico do Desembargador Salomão Resedá, na Coordenadoria de Infância e Juventude.
Sendo o Movimento Você e a Paz de caráter ecumênico, pronunciaram-se a Sra. Jamira Nery Ferreira, Diretora Gran-Master da Sheicho-No-Ie do Brasil; o Sr. André Luiz Peixinho, Diretor-Presidente da Federação Espírita do Estado da Bahia; o Pastor Djalma Torres, da Igreja Protestante de Antioquia; o Padre Alfredo Souza Dórea, da Igreja Anglicana do Brasil; Hassan Robson de Meireles Nunes, Vice-presidente do Centro Islâmico da Bahia e Comunidade Muçulmana; e o Ministro Antônio Sérgio Araújo Cabral, da Igreja Messiânica Mundial do Brasil. Todos destacaram a necessidade da construção da paz, iniciando na intimidade de cada um, respeitando as divergências de opiniões e convicções, amando o próximo através do respeito, da caridade, da fraternidade, da solidariedade, sem nenhuma espécie de preconceito.

Divaldo Franco, idealizador do Movimento Você e a Paz, apresentou um relato sobre a história do Império Romano, abrangendo o 1º e o 2º Triunvirato. O 1º com Caio Júlio Cezar, belicoso, conquistador. O 2º com seu filho, Caio Júlio Cezar Otaviano governou com dignidade, era pacífico e pacificador, granjeou o respeito de seus liderados através de um caráter reto, vigoroso, tornando-se um exemplo de honradez e alto senso de justiça. O 2º Triunvirato foi um momento glorioso do Império Romano, que recebia os eflúvios para a chegada do Messias, Jesus de Nazaré.
A vida de Jesus foi tão fascinante que não coube na História da Humanidade, dividindo-a. Notáveis pensadores e cientistas atribuem a Ele características incomuns, como: o maior psicoterapeuta que a humanidade já conheceu; alcançou o estado numinoso; é o homem modelo, entre outras. Seus ensinamentos sobre o amor são inigualáveis. Ensinava que os homens deveriam amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a si mesmo. Significa amar com integração do espírito da divindade, repartindo com o próximo, autoamando-se, comportando-se de maneira que não se envergonhe do que fez, ou do que deixou de fazer. Cada indivíduo deve compreender que é filho de Deus, portando, herdeiro divino.
Em suas sábias lições, o Mestre por Excelência, ensinava que cada criatura deve fazer ao outro somente o que desejaria receber. A Doutrina de Jesus é baseada no amor. As ações desenvolvidas pelos indivíduos devem estar emolduradas pelo amor. Exemplificando a ação amorosa do Mestre, Divaldo apresentou o episódio em que a mulher adúltera Lhe foi apresentada. Não julgou, não condenou, porém, recomendou a mudança de atitudes e de hábitos, adotando conduta mais equilibrada. Ante o mal, fazer o bem, exercendo o sublime sentimento do amor. Seus ensinamentos ensejam renovação, porque todo aquele que conhece Jesus já não pode mais ser o que era antes.
As sublimes lições de amor não foram capazes, ainda, de fazer com que cessem as guerras, as ações violentas de toda ordem e intensidade no dia-a-dia da sociedade moderna. Esses são dias tumultuosos como aqueles enfrentados pelos romanos, turbulentos, desvairados, aflitivos. Vive-se dias de terror internacional, há desrespeito pela dignidade dos indivíduos, a perversidade é companheira diária na vida de muitos. A miséria social, a desconfiança, o egoísmo, o sexismo, a depravação, a falta de caráter, provocam desesperança e muito sofrimento.
Os pais, salientou o nobre e lúcido orador, devem se constituírem em bons exemplos, vivendo uma vida digna, com objetivo de tornar-se a cada dia melhor do que foi antes. O homem alcançou um conhecimento fenomenal no campo das ciências, porém, esqueceu-se de si mesmo. A moralidade não acompanhou o progresso científico, e o homem aturdido, esquecido de si mesmo, longe do amor, entredevora-se, sem paz interior.
É necessário que cada qual desenvolva uma consciência reta, que não se deixe corromper, tal qual a exemplificada por Jesus. Ser pacífico e brando, dizer não a violência, estar a favor da paz, são sentimentos a serem perseguidos por todos os que almejam a felicidade. Que cada um possa ter paz, apesar das aflições que possa estar experimentando. O amor verdadeiro liberta, cede, não aprisiona. É necessário que o amor ceda para conquistar amanhã a gratidão, a gentileza.
Ser gentil, grato, fraterno, solidário levam a desenvolver atitudes de paz. Lembrar-se dos que fazem algo por nós, agradecendo-lhes, reconhecendo a importância da colaboração. Ser pacífico para poder transmitir aos que se encontram próximos, no lar, no trabalho, no lazer, um sentimento de harmonia, contribuindo para que as pessoas de desarmem emocional e psicologicamente. Homenageemos Jesus e sejamos gratos em todos os sentidos. Recitando o Poema de Gratidão, de Amélia Rodrigues, o evento foi finalizado, e todos, em uníssono, cantaram a canção Paz pela Paz, acompanhando Nando Cordel, o seu autor. Com abraços efusivos, votos de paz e desejos de harmonia e felicidades, os presentes foram se despedindo, retornando aos lares, levando em seus corações a vibrantes lições do Mestre de Nazaré, semeando as sementes do amor. Encerrada a última etapa da 18ª edição do Movimento Você e a Paz, constatou-se, com certeza, que viver em paz é possível. Paz, sempre!
Texto: Paulo Salerno

Fotos: Jorge Moehlecke

Um comentário:

  1. Muitas luzes e Bençãos para Divaldo pela iniciativa do MVP que hoje se espalha por várias cidades brasileiras e do exterior. Parabenizo a toda a Equipe do CECR / Mansão do Caminho, na pessoa da Vice-Presidente Sonia Sarraf, nobre operária da causa espírita.
    Viva J E S U S !

    ResponderExcluir