Barra de vídeo

Loading...

segunda-feira, 20 de março de 2017

QUAL É O MOMENTO DA REENCARNAÇÃO? - DR. RICARDO DI BERNARDI


Trecho extraído do livro "Gestação; Sublime intercâmbio" do autor e homeopata Dr. Ricardo Di Bernardi.

"SE O ÓVULO EM GERAL É UM SOLITÁRIO à procura de um companheiro ideal, os pretendentes à sua posse definitivae à união completa são muitos.
Trezentos ou mais de duzentos milhões de espermatozoides, uma população igual a de muitos países somados se acotovelarão na busca desenfreada de um só troféu. Diz a biologia que o mais apto vence
a corrida e fecunda o óvulo. Mas, como mais apto? Por que, às vezes, um espermatozoide portador das mais profundas anomalias genéticas supera todos os demais? Estudando a ciência espírita, encontramos a resposta satisfatória para esse “capricho do acaso”.

Genes e magnetismo

Cada espermatozoide traz, em seu bojo, os cromossomos que contêm os genes para todas as características físicas do novo corpo a ser formado. Os genes, moléculas de DNA, são partículas de altíssima complexidade.

Os espermatozoides, conforme os genes que transportam, têm uma vibração energética peculiar. Conforme o padrão genético que levem, emitem uma frequência de onda correspondente.

Dizemos que possuem uma aura energética peculiar ao que carregam. O óvulo, como toda célula viva, possui um campo de fluido vital ao seu redor. Esse fluido vital, ou energia vital, é um campo de força que atrai as energias da entidade reencarnante. O Espírito, ou seja, a entidade reencarnante liga-se ou se prende ao fluido vital (bionergia) do óvulo.

Dessa forma, o óvulo passa a irradiar ou a refl etir as vibrações do espírito. Há um intenso halo de energia que se projeta ou irradia do óvulo, que agora está imerso nas vibrações do espírito. Esse campo de força ou halo energético passa a atrair, por sintonia de onda, aquele espermatozoide
que contém os genes que ele necessita, ou seja, que ele merece.

Conforme o carma da entidade espiritual, expresso pelas suas matrizes perispirituais e refl etidas no óvulo, são atraídos os genes que se afinizam com a mensagem energética, transmitida inconscientemente pelas unidades vibratórias do perispírito e recebidas pelas moléculas de
DNA (ácido desoxirribonucleico) do espermatozoide correspondente. São quase 300 milhões de opções diferentes de organismos biológicos apresentadas pelos espermatozoides. Razão por que somos tão especiais ou diferentes uns dos outros. Esse aparente desperdício é a sábia lei da natureza, fornecendo múltiplas opções para que a justiça divina se cumpra por meio das leis biológicas.




Herança cármica

Inconscientemente, eis que o espírito reencarnante que semeou livremente nas vidas passadas e gravou os registros dessa semeadura no seu perispírito, agora impregna o óvulo materno pelas vibrações do seu merecimento e recebe no espermatozoide a colheita obrigatória!
O gameta masculino, adequado às suas necessidades cármicas, é rapidamente como que “puxado” por sintonia magnética para o óvulo e ocorre a fecundação ou concepção. Não é pois o “acaso biológico” que determina que um espermatozoide fecunde o óvulo, mas a lei de retorno, da colheita obrigatória, ou lei de ação e reação.

Espermatozoide mais apto, portanto, é aquele que mais sintoniza com as vibrações do nosso personagem, o espírito reencarnante já imantado ao óvulo.

No entanto, até esse momento não houve a Reencarnação propriamente dita. A união do espírito reencarnante ligando-se diretamente às moléculas físicas dá-se no instante em que ocorre o grande choque biológico: a penetração do espermatozoide no interior do óvulo.

No momento da fecundação, milhões de átomos e moléculas das duas células entram em fervilhante atividade organizada. Essa grande atividade, verdadeira explosão de fenômenos, ocorre em uma maravilhosa orquestração regida pela sabedoria universal. Nesse instante solene, o da concepção, as moléculas do corpo espiritual do espírito reencarnante entram, por assim dizer, na intimidade da célula-ovo. Inicia-se assim, nesse instante, em termos físicos, a reencarnação propriamente
dita.

A grande “explosão” de reações entre o espermatozoide e o óvulo e a interação entre seus campos áuricos é que propicionou a abertura energética para a fixação dos fluidos perispirituais do nosso personagem às moléculas orgânicas. Foi necessário um momento específico para oportunizar a abertura do campo para a outra dimensão interpenetrar a matéria."

Dr. Ricardo Di Bernardi




Adquira o livro no link : https://goo.gl/Hs3j4M
Mais sobre Ricardo Di Bernardi : https://goo.gl/KsDJwZ

3 comentários:

  1. Mesmo sem esse conhecimento científico, eu sempre soube quando engravidava como seria cada um dos meus filhos, pois os via como se os conhecessem há muitos e muitos anos, e, diante dessa intuição construi uma conexão com cada um , que nunca precisei dar-lhes castigo, é como se eu já conhecesse aquela cena e até onde aquele filho poderia ir e fazer...!

    ResponderExcluir
  2. Parabéns por este belíssimo texto eu adorei um grande obrigada por este esclarecimento tão importante ,

    ResponderExcluir