Barra de vídeo

Loading...

terça-feira, 24 de março de 2015

UM NOVO OLHAR



A vida é rica em oportunidades para quem se esforça para ter um novo olhar sobre os desafios diários.
            Dificuldades existem e sempre estarão presentes em nossa jornada pelo mundo.
            A diferença para os vencedores é justamente não se conformar com as velhas opiniões que existem acerca de tudo que acontece.
            O dinamismo da vida está justamente nas infinitas possibilidades de se fazer diferente.
            Um obstáculo sempre apresenta variantes para ser vencido, a depender do olhar da criatura desafiada.
            O estágio evolutivo de cada um é que determina o tamanho da montanha a ser transposta.
            Uma unha encravada para alguns é ferimento de morte, pois quando surge a dificuldade, os olhos ficam fixos no que há de pior naquele momento.
            Se em determinada situação faltam forças para transpor a dor e a dificuldade, é preciso recuar para poder enxergar o tamanho real do problema.
            E não adianta querer enxergar pelos olhos alheios, já que somos nós que devemos superar a situação.
            Podemos nos aconselhar, buscar forças e apoio para a luta, mas as grandes vitórias são aquelas obtidas sobre nós mesmos.
            Os obstáculos tiram-nos da inércia, somos obrigados a mudar algo em nós para que a vida se movimente fora de nós.
            Uma grande montanha exige mais esforço do alpinista, do mesmo modo que os grandes vícios e hábitos perniciosos exigem esforço bem maior, que acontece dentro de cada um.
            A grande vitória vem de dentro, do coração, da alma.
            Existem dores que precisam ser assimiladas, primeiramente, para depois serem vencidas.
            A alegria é imensa em nossa alma quando logramos conquista sobre as próprias limitações.
            É preciso fazer diferente, buscar um novo caminho, ter um novo olhar. Mudar a lente da alma, ver o mundo sob a perspectiva da esperança, da imensa oportunidade de poder sonhar e realizar. Evitar o desânimo, envidar esforços para traçar um novo caminho.
            Cada minuto carrega infinitas possibilidades de se refazer, recomeçar, retomar, reconstruir.
            É preciso se olhar mais adiante sempre, pois depois da madrugada sempre vem um novo dia.
            Para quem acredita, é possível tocar no amanhã que nasce a partir do nosso coração.
            Quando a situação mostrar-se complexa e difícil, lancemos mão do lema: sem queixas.
            Assim, fica mais fácil olhar adiante.
            Se escurecer, salpique de estrelas o céu das suas esperanças, com novas e renovadas atitudes.
            É possível mudar tudo, se tivermos um novo olhar.
            Abraços!

            Adeilson Salles
         É educador espírita e escritor. Publicou, pela Intelítera Editora, os livros: Jovens demais para morrer, Eletronaldo, Diário de um Fantasminha e Jesus e as crianças.

Nenhum comentário:

Postar um comentário