Barra de vídeo

Loading...

quinta-feira, 2 de abril de 2015

Parabéns, Chico!



2 de abril de 1910. Nasceu aquele que foi um grande divulgador de uma Doutrina consoladora que está mudando o mundo. Nasceu um expoente da caridade, da candura e do amor.
Veio ao mundo alguém que renegou as próprias dores para socorrer sofrimentos alheios. Alguém que se comparava a um “cisco”, mas que na verdade carregava em si a grandeza que é a conquista da humildade.
Negou títulos, negou honrarias, negou elogios, negou até a si mesmo e suas mazelas interiores. Disse sim ao puro amor divino e o distribuiu em sua memorável jornada pela Terra, durante todos os dias de sua existência.
Trabalhou incansavelmente e fez dos ensinamentos de Jesus, o amparo para suas aflições.
Não era anjo, não era Messias, não era infalível; era, sim, um espírito como nós, que renasceu em carne e osso, mas que soube fazer de cada dia, uma oportunidade de evolução.
Suas sementes de amor foram plantadas e florescem na eternidade.
2 de abril de 1910. Nasceu Francisco, o “cisco”, o “Cândido”. Nasceu Francisco Cândido Xavier!

Feliz teu dia, Chico! Nossa eterna gratidão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário